top of page

Alface-d'agua

Esta espécie é encontrada em quase todas as regiões tropicais e subtropicais do mundo. No Brasil é conhecida pelos seguintes nomes populares: erva-de-santa-luzia, repolho-d’água, alface-d’água e golfo. É uma erva aquática ou enraizada em lama, estolonífera; frutos como baga elipsoide ou ovoide; sementes numerosas. As folhas de Pistia stratiotes são utilizadas como emoliente e para fins oftálmicos. O decocto de folhas frescas é utilizado contra inflamações, especialmente hemorroidas, enquanto que o pó das folhas é usado para o tratamento da sífilis. A planta completa tem sido utilizada como diurético, antifebrífuga, estrangúria e hematúria, diabetes, expectoração sanguínea, hidropsia, artritismo e afecções hepáticas. Esta espécie, apesar de diferentes usos populares, carece de estudos de validação e são poucos os estudos fitoquímicos.

Annona muricata.jpg

Para informações na integra, confira as referências a baixo.

DOLABELA, Maria Fâni et al. Uma revisão bibliográfica sobre Araceae com foco nos gêneros Pistia, Philodendron e Montrichardia: aspectos botânicos, fitoquímicos e atividades biológicas. Revista Fitos, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 79-93, jan. 2015.

bottom of page