top of page

Velame

A espécie Croton campestris A. St.-Hil, popularmente conhecida como “velame-do-campo”, “velame-branco”, “velame-verdadeiro”, “capimcigui”, “curraleira” e “canela-de-urubu” é arbusto originário do Brasil, ocorrendo principalmente nas regiões Sudeste e Nordeste. Estudos etnofarmacológicos apontam para o uso desta espécie na medicina popular para dores gerais, gripe, constipação, bronquite, pneumonia, asma, acidente vascular cerebral, problemas oculares e feridas na boca, congestão nasal, bronquite, problemas de garganta, problemas intestinais, reumatismo, hemorróidas, artrite, doenças venéreas e como depurativo, distúrbios hematológicos, inflamações, dermatoses, feridas, alergias, febre, infecção, sinusite, distúrbios renais, dor de cabeça, gastrite, limpeza ocular, purgante, tratamento de sífilis e picadas de cobra.

Annona muricata.jpg

Para informações na integra, confira as referências a baixo.

DE MORAIS OLIVEIRA-TINTINO, Cícera Datiane et al. Anti-inflammatory and anti-edematogenic action of the Croton campestris A. St.-Hil (Euphorbiaceae) essential oil and the compound β-caryophyllene in in vivo models. Phytomedicine, v. 41, p. 82-95, 2018.

bottom of page